Ana Virgínia Moraes Sardinha LIBERTADA!

Mais de 10 meses depois de sua prisão, brasileira torturada e injustiçada em Portugal finalmente foi libertada!
Após a morte de seu filho Leonardo quando estavam prestes a retornar para o Brasil, depois de um período de férias em Portugal, Ana Virgínia foi presa acusada de matá-lo. A criança era portadora de Epilepsia Benigna da Infância. Na prisão Ana foi torturada, mal tratada e até hoje carrega em seu corpo marcas desta violência. A família no Brasil só foi avisada uma semana depois da tragédia e de forma cruel. Foi julgada sumariamente antes de qualquer investigação. Ao fim de muita luta da família e amigos, conseguiu-se provar que não houve crime algum, que a morte da criança foi natural, comum em portadores desta doença. O governo brasileiro nada fez em auxílio de sua cidadã injustiçada. Limitou-se a aceitar declarações do governo português de que Ana Virgínia não sofrera tortura alguma sob sua custódia! Que a paralisia no seu braço esquerdo foi ocasionada por ela ter dormido em cima do braço!!! É, tiveram o displante de dizer isto! Ora, não somos nós que temos a fama que os persegue!
Mas, o importante é que Ana Virgínia a partir de hoje vai poder recomeçar sua vida, vai poder sofrer a morte do filho, direito que lhe tiraram de forma tão vil!
Vale ressaltar que é uma liberdade provisória, a sentença do julgamento será dada em 18 de junho. Mas, acredito que este é mais um passo para o único final possível desta triste história: a absolvição de Ana Virgínia!
Hoje, em telefonema para uma amiga, Ana Virgínia desabafou: "Minha amiga, eu cheguei ao tribunal algemada, empurrada nas escadas pela polícia, sendo tratada como a pior das criaturas. Hoje eu saí de cabeça erguida, pela porta da frente e agradeço a Deus por essa tortura estar terminando. Por favor, agradeça a todos por terem acreditado em minha inocência e torcido pela minha libertação. Estou muito feliz, minha irmã!"
Boa sorte, Ana!

4 comentários:

Luci Lacey disse...

Oi querida

Ontem trocamos email enviado por Ana Rosa.

Gracas a Deus, ela estara de volta, sim, com a cabeca erguida e recomecara uma nova etapa em sua vida.

Abracos

http://hippopotamo.blogspot.com/

Luci Lacey disse...

Vou te linkar no Hippos, assim fica mais facil, visita-la.

Abracos

Luci Lacey disse...

Vim te desejar uma boa semana.

Abracos

Esther disse...

Oi Amiga,

Fiz um busca na internet para saber da veracidade da história do Djavan e suas duas mortas, achei seu blog e sua iniciativa.

Parabéns por, ao contrário do que o título do seu blog indica, não ter tido preguiça de ir atrás da verdade.


abraço,

Pesquisa personalizada